Uma cruzeira no Folha da Cidade


 Não se assustem, aliás nós do Folha já tivemos a nossa cota de pavor quando esta serpente andou aqui pelo jornal. Mas como? Bom, tudo aconteceu quando um senhor trouxe três exemplares do réptil, dentro de uns potes de vidro. O detentor dos animais os  capturava seguidamente e os enviava para o Instituto Butantã. Com a suspensão do recebimento, ele não tinha mais o que fazer com as cobras. E para que levar as cobras até o jornal? Bom, além de contar essa história, ele demonstrou sua habilidade na captura das mesmas, soltando uma delas, como mostra a imagem, e com o auxílio de dois cabos de vassoura, colocou-as novamente no recipiente. E nós? De olhos bem abertos!
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"